Revendo a Religião

02/01/2008

Pedofilia e Igreja

Filed under: crianças,igreja,padres,pedofilia,religião,Vaticano — jorgesneto @ 8:25 pm
Tags: , ,

Como alguns devem saber (ou ao menos imaginar), a pedofilia é uma atrocidade que, diferentemente do que muitas pensavam, já ocorre por décadas dentre as “quatro paredes sagradas” da igreja (recuso-me a escrever igreja com “i” maiúsculo, não vejo motivos para isso). Certamente, como disse o Côn. José Roberto Silva, da Arquidiocese do Rio, a pedofilia não é algo “patognomônico” da igreja. Claro, o meu vizinho pode ser um pedófilo, seu primo distante pode ser um pedófilo, mas creio que nenhum deles (exceto aqueles que pregam “a palavra do homem-invisível”) considera-se o portador de mensagens divinas, o representante de um ser superior na terra, e aposto que nenhum deles utiliza desses artifícios para viver uma vida estrategicamente solitária, não no sentido de ausência de amigos ou quaisquer entes queridos, mas sim solitária de sentimentos inerentes aos humanos, como a libido, o prazer sexual, os “prazeres da carne”.

Agora, o que podemos pensar de uma pessoa como essa, – apta a preencher todos os critérios anteriores de “portador de mensagens divinas”, usuária de um poder ridiculamente concedido por outros que, como ele, pensam que através do domínio das grandes massa, o poder despejado nas veias da igreja aumentará em ritmo exponencial, permitindo um extermínio mental cada vez maior, e um saldo bancário idem – que utiliza então desse asqueroso poder para aproveitar-se de uma criança, de um corpo sem resistência, de uma mente incapaz de compreender ipsis literis o que está se passando naquele momento em que sua inviolabilidade é retirada com a mesma agressividade que se emprega para esfolar um animal abatido rumo ao açougue? Acho que monstro seria uma palavra muito branda, quase um elogio para um ser com esses atributos.

Aquele que traz as palavras do homem-invisível para você e para a sua família, pode, amanhã, ser o violentador/estuprador do seu filho(a)! Você consegue imaginar uma situação dessas sem despertar dentro de sua mente um sentimento de pura raiva, de impotência, de desespero encoberto por tristeza e revolta? Poderia apostar minha sanidade em que não, você não consegue!

Não são somente membros do clero que praticam pedofilia. Isso é óbvio. Mas o que me revolta é o fato de homens que deveriam expor suas pessoas como exemplos cometerem atrocidades como essa! Homens “de fé”, seguidores do homem-invisível, pregadores da moral e dos bons costumes, invadindo crianças com uma onda de asco, repugnância, transformando suas vidas recém-iniciadas em um inferno na terra (um living hell, como diriam os imperialistas norte-americanos). Consigo pensar nisso até onde minha razão deixe acompanhar, antes de me fazer desistir devido às imagens grotescas que dançam em minha mente, vultos de vidas que serão violentamente atormentadas ao longo de seus infelizes dias, dias os quais garanto que irão demorar uma pequena eternidade até cederem espaço para mais um período de tormentos, formando assim um ciclo ininterrupto de desespero.

Isso acontece, no seu cotidiano, mas você apenas não se dá conta. Será que com o pagamento de indenizações por parte da igreja a dor dessas pessoas poderá ser apagada? Não, com certeza não. E o Vaticano ainda exige discrição com os fatos! Isso nada mais é do que compartilhar um crime, corroborar com o ato de vandalismo emocional que atinge as vítimas, dar espaço para que novos crimes semelhantes aconteçam.

Um dos mandamentos consiste na frase “não matarás”. A pedofilia praticada pelos membros do clero nada mais é do que o assassinato de personalidades, o estrangulamento de emoções, o arder em brasas de vidas que recém conhecem os segredos do mundo.

Segredos assustadores, infelizmente.

Anúncios

1 Comentário »

  1. A pedofilia na Igreja Católica é mínima, e é punida.Diferente da pedofilia generalizada nos países de maioria muçulmana, onde não é punida. Onde os muçulmanos se infiltram, seja no Continente Africano, Asiático, Americano ou Europeu, inclusive na Oceania, a pedofilia aumenta. Islamismo não é uma religião, como alegam, mas uma Seita Pedófílica e política, na qual a pedofilia é legalizada por lei do ISLÃ. Aiatolá Khomeini, o líder “religioso” dos islamitas, antes de morrer, abaixou a idade, para o “casamento” das meninas de 9 (nove) anos, para 8 (oito) anos de idade. Assim, qualquer jovem ou velho islamita, pode se deliciar em orgias pedofílicas, sem ser punido. Acordem para a realidade !!!

    Comentário por Dagmar Marie — 01/03/2013 @ 12:57 am | Resposta


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: